terça-feira, 11 de agosto de 2009

Monarquia Portuguesa RESTAURADA!!!!

Finalmente foi hasteada a verdadeira bandeira portuguesa na Câmara Municipal de Lisboa. Ao fim de 99 anos de um regime miserável e hipócrita, Portugal foi novamente uma monarquia. Foram apenas 12 horas, mas foi o suficiente para que o país percebesse a importância da instituição real no nosso país. Para os mais curiosos aqui fica o link do vídeo do nobre acto realizado na madrugada do dia 10 de Agosto de 2009, dia de São Lourenço, no coração da capital!
Que Deus permita que um dia destes Portugal se torne uma monarquia nos caminhos da modernidade e do progresso saudável. Estas 12 horas monárquicas foram apenas um efémero sinal! PREPAREM-SE! PORTUGAL VENCERÁ DE NOVO!
LOUVADO SEJA DEUS! Ad majorem Dei gloriam!

4 comentários:

João Cadete disse...

Olá João!

Eu, apesar de não me considerar propriamente monárquico, vejo a monarquia como um "sisitema" muito melhor que a pseudo-demo-cracia em que vivemos.

Vi que és do Norte do país, tal como eu :) Embora trabalhe num hospital algures por Lisboa...

Viva o NOrte :p

Ficas desde já convidado a visitar e comentar o meu blog.

Um abraço!

Anónimo disse...

Caros João Pinho e João Cadete,

As minhas saudações.

Ultimamente tenho-me deparado com certos blogs, em que os autores afirmam estar a escrever sobre a religião Cristã Católica.

Uma vez que também eu fui educado segundo os valores da mesma religião, permitam-me criticar o que tenho lido:
a mensagem que os autores desses blogs passam é a de intolerância, incompreensão, desprezo, ódio. Todos valores contrários à doutrina cristã.

Depois é com enorme espanto que ao dar uma olhada nos vossos blogs constato que vocês são seguidores dos blogs que estou a criticar.

Vamos lá ver, vocês são rapazes jovens, penso que são estudantes ou que têm uma formação no ensino superior, e assim sendo deveriam tr uma mente aberta e não serem tão retrógrados. Mas essencialmente deveriam tê-los educados a ter espírito crítico e ensinado a pensarem por vós mesmos, e não seguirem seitas que se dizem cristãs católicas mas defendem os valores opostos.

Então Cristo não pregou a paz e a compreensão? E não pediu que fossemos tolerantes? E que amássemos o próximo? É que o que eu leio dessas seitas que se dizem católicas e com muitas imagens de santos e papas, etc é o seguinte: "morte aos homossexuais", "não ao diálogo com outras religiões", "morte aos hereges (termo que pensei ter-se extinto com a inquisição)", etc.

Isto é fanatismo religiso, meus caros. Custa-me a crer que isto exista em Portugal!!

Vamos lá a ler mais um bocado, e a sair mais para conhecer bem a realidade. Vamos construi um país melhor sem fanatismos.

Abraços fraternos

João Nuno Amorim de Pinho disse...

Caro João Cadete,

Obrigado pelo teu apoio. Apesar de não seres "propriamente monárquico" gostei de saber que te questionas sobre estas questões de sistemas políticos.

Para mim a monarquia em Portugal foi derrubada por uma série de irreverentes aburguesados à revelia do restante povo português.

No entanto é o país que temos!

Uma abraço para ti e muita força para essas convicções!!

----------

Caro anónimo!

Também gostei de receber o seu comentário que demonstra muita preocupação intelectual! Não, não estou a ser irónico!

No entanto tenho que lhe dizer algumas coisas: apesar de seguir certos blogs que segundo a sua opinião são puramente fanáticos a minha situação não tala e qual você pode imaginar.

Não pode referir aqui a intolerância sem me conhecer minimamente! Só lhe dou um exemplo que espero que seja crucial no seu modo de pensar acerca das minhas convicções: politicamente sou de direita e apoiante do CDS-PP, no entanto a minha família é comunista (note que tenho um militante em casa). Nas últimas eleições pertenci a uma lista e os restantes membros da minha família faziam parte da lista opositora. Note também que as nossas discussões são verdadeiramente cordiais e respeitamo-nos mutuamente: somos uma família extremamente unida!

Isto bastará para mostrar o quanto sou tolerante. É nestas ocasiões que faço juz à minha Fé Católicas!

Justamente por ter falado em "morte aos homossexuais", a minha opinião é esta (Retirada do Catecismo da Igreja Católica): "Devem ser acolhidos (os homossexuais) com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta."

Desculpe a minha franqueza mas é este o meu carácter. Gostei de ouvir os seus comentários e esteja sempre disposto a comentar o meu blog! Espero que não leve a mal qualquer coisa que possa ter dito!

Uma abraço sincero!

Anónimo disse...

Caro João Pinho,

Obrigado pela resposta ao meu comentário.
Está feita a correcção.
Pela resposta que deu, fico mais descansado por saber que não pertence ao grupo de fanáticos a que me referia.
É salutar a tolerância na cristandade,e ainda mais nas nossas vidas quotidianas.
Continua assim ;)

Abraços
João Filipe
(o anónimo que se esqueceu de assinar o outro comentário)